POLÍTICA

Alesp propõe corte de 30% nos salários dos Deputados Estaduais.




Reprodução.


Na manhã desta quarta-feira (22), o presidente da ALESP (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), Cauê Macris (PSDB),  apresentou uma proposta de resolução que possibilita a redução em 30% do salário dos deputados. A proposta foi defendida também pelo parlamentar Enio Tatto (PT), da oposição. A ideia é que a resolução entre em vigor em 1º de maio e dentre as medidas anunciadas estão ainda o corte de salário de cargos em comissão e a diminuição, em 40%, dos contratos do poder Legislativo, com isso a economia deve chegar a R$ 320 milhões, que segundo o presidente, serão destinados para ações de combate ao Covid-19.
 
"Votado em regime de urgência no plenário virtual amanhã, a ideia é chamar para um congresso de comissões na semana que vem e levar ao plenário virtual com todos os deputados na semana que vem ainda", explicou Macris. O desejo do presidente da Alesp é votar em regime de urgência na quinta-feira (23), às 14h, e levar ao plenário da Casa na próxima semana.
 
 
 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |  20/10/2020 - 16h





POLÍTICA  |  15/10/2020 - 16h


POLÍTICA  |  15/10/2020 - 11h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb