MEMÓRIA

Morre o jornalista e radialista Júlio Baltazar


Imagem: Grêmio Barueri

O jornalista e radialista Júlio Baltazar faleceu na madrugada desta quarta-feira (22) aos 83 anos. Figura de referência na imprensa da Região Oeste, Baltazar teve passagens pelos jornais Folha de Alphaville e Correio Paulista e pela Rádio Nova Difusora, e foi justamente no rádio sua grande paixão que escreveu uma trajetória de sucesso.

Com seu parceiro e grande amigo Tony Marchetti, criaram a "Equipe Furacão de Esportes", participando de oito Copas do Mundo, três Olimpíadas e de centenas de transmissões internacionais. Na Rádio Em 2011 foi Secretário de Comunicação em Barueri. Sua morte foi destacada pelo site Terceiro de Tempo do jornalista Milton Neves, que segundo a publicação foi "um importante membro da crônica paulista". A causa da morte não foi divulgada, porém, em 2021 Baltazar esteve internado com problemas renais




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MEMÓRIA  |   02/07/2022 07h34





MEMÓRIA  |   02/10/2021 15h46


MEMÓRIA  |   21/09/2020 11h08







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb