ECONOMIA

País vai parar se diesel não baixar, diz líder dos caminhoneiros


Foto:(Reprodução)

Um dos líderes dos caminhoneiros autônomos responsáveis pela greve de 2018, Wallace Landim, o Chorão, divulgou um vídeo nesta terça-feira (24) criticando os aumentos nos preços do diesel. Ele, que também é presidente da Abrava (Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores), disse que a categoria "não aguenta mais" e que o presidente Jair Bolsonaro (PL) precisa "chamar a responsabilidade".
 
"Presidente, precisamos que o senhor chame a responsabilidade, chame o conselho da Petrobras e faça alguma coisa que realmente vá trazer benefício para categoria, o que vai automaticamente beneficiar a sociedade. Estou aqui em Brasília, estou de olho no senhor, e se não vier a redução, você pode ter certeza que esse país vai parar novamente", disse.

Na sexta-feira (20), a pesquisa semanal da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) mostrou que o valor do litro do diesel S10 atingiu novo recorde. O preço médio foi de R$ 7,07, enquanto a gasolina recuou 0,3%, ficando, em média, R$ 7,27.
 
Bolsonaro trocou o comando da Petrobras nesta semana. O então presidente da companhia José Mauro Coelho ficou 1 mês e 9 dias no cargo. Para o seu lugar foi indicado Caio Mario Paes de Andrade, secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia. Falta a aprovação do Conselho de Administração.

Mais cedo, o ministro Paulo Guedes (Economia) disse que a política de preços dos combustíveis praticada pela Petrobras é responsabilidade do conselho e da diretoria da companhia.
 
"O presidente escolhe o ministro [de Minas e Energia]; o ministro escolhe o presidente do conselho da Petrobras; o conselho escolhe o CEO e a diretoria; e eles definem as políticas", disse o ministro.
Caso o governo continue segurando o preço do diesel, o Brasil pode ficar sem o combustível. É o que alertam executivos da Petrobras. Os avisos têm sido feitos desde o último ano, porém foram reforçados depois da decisão do governo Bolsonaro de demitir o presidente da estatal.


Confira o vídeo:






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM





google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb