CENÁRIO URBANO

Governo de SP divulga balanço de serviços para atenuar efeitos das enchentes




Reunião com autoridades e Prefeitos. Foto:(Divulgação/GovSP)

Equipes do Governo do Estado continuam trabalhando  para solucionar os problemas causados pelas fortes chuvas que atingem a Região Metropolitana de São Paulo e provocam o transbordamento dos rios Tietê e Pinheiros.

O volume de chuvas em alguns pontos da capital atingiu 100 mm em três horas – praticamente a metade da média prevista para todo o mês de fevereiro.

Na capital, o rio Tietê possui 52 bombas sob responsabilidade do Daae (Departamento de Águas e Energia Elétrica) que passam por manutenção semanal. Em 2019, o desassoreamento foi feito ao longo de 44 quilômetros do rio e retirou mais de 400 mil toneladas de sedimentos como areia e argila em 2019, com investimento de R$ 49 milhões.

O nível do rio Pinheiros é o maior nos últimos 15 anos, de acordo com a Emae (Empresa Metropolitana de Águas e Energia). Em 2019, as equipes da Emae registraram recorde de retirada de sedimentos do leito do Pinheiros, com carga equivalente à de 28 mil caminhões basculantes. Também houve a retirada de 9 mil toneladas de lixo das águas.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



CENÁRIO URBANO  |  20/02/2020 - 13h





CENÁRIO URBANO  |  17/02/2020 - 18h


CENÁRIO URBANO  |  16/02/2020 - 13h