SAÚDE

Justiça rejeita pedido de prisão contra William Bonner por incentivo à vacinação


Imagem: Reprodução TV Globo

Nesse domingo (16) o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios rejeitou uma ação de Wilson Issao Koressawa que pedia a prisão do apresentador do Jornal Nacional William Bonner, por incentivar a vacinação contra a Covid-19 em crianças e adolescentes, as informações são do jornal Folha de S.Paulo
  
 Na ação Koressawa acusa o jornalista de participar de uma suposta organização criminosa, formada por outros profissionais da TV Globo, e que ainda Bonner comete os crimes de indução de pessoas ao suicídio, de causar epidemia "envenenar água potável, de uso comum ou particular, ou substância alimentícia ou medicinal destinada a consumo".

A juíza Gláucia Falsarella Pereira Foley classificou a ação como descabida, afirmando que a iniciativa se assemelha a panfletagem política ao reproduzir teorias conspiratórias sem qualquer lastro científico e jurídico.
 
"O Poder Judiciário não pode afagar delírios negacionistas, reproduzidos pela conivência ativa "quando não incendiados" por parte das instituições, sejam elas públicas ou não", diz Foley.

O autor da ação já concorreu a deputado federal em 2002, pelo PSD, e teve sua candidatura indeferida para o mesmo cargo em 2006, quando estava filiado ao PSOL





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM





google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb