ECONOMIA

Brasil cai mais uma posição no ranking de maiores economias mundiais e ocupa 13º lugar


Foto:(Pixabay)

Um levantamento da Austin Rating indica que, em 2021, o Brasil cairá para a 13ª maior economia do mundo. Queda ocorre após o Produto Interno Bruto (PIB) do país cair 0,1% no 3º trimestre, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 
A queda será de uma posição em relação a 2020, ano em que o Brasil já havia perdido colocações para outros três países. A realizadora do estudo levou em conta as estimativas do Banco Central e do Fundo Monetário Internacional (FMU).

Projeções indicam que o Brasil encerrará 2021 com US$ 1,595 trilhão produzidos, US$ 150 bilhões a mais do que o US$ 1,445 trilhão registrado no ano passado. O maior resultado foi no ano de 2011, no qual o país conseguiu produzir US$ 2,604 trilhões.
 
Entre os anos de 2010 e 2014, sob as gestões de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT), o Brasil ocupou a sétima posição no ranking das maiores economias mundiais.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM





google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb