CULTURA

Casa do Samba Parnaibano abre inscrições para participação em sua próxima exposição


Escolas e turistas em visita à Casa do Samba Parnaíba. Foto:(Mariana Egry)

A Prefeitura de Santana de Parnaíba inaugurou recentemente a Casa do Samba Parnaibano, espaço de caráter artístico, histórico e cultural, criado para valorizar o patrimônio imaterial e a manifestação do Samba de Bumbo. O espaço apresenta exposições e oferece oficinas e cursos para os moradores e turistas.
 
Sua exposição inaugural "100 anos do Mestre Carmelino - Memória Viva do Samba Parnaibano" é uma homenagem a Carmelino Euzébio de Jesus, Mestre do grupo Treze de Maio de Samba do Cururuquara, que completou 100 anos em setembro desse ano. A exposição apresenta 20 painéis que retratam aspectos importantes da trajetória de um dos mais importantes representantes da cultura parnaibana e do Samba de Bumbo de São Paulo. A exposição sobre o centenário do Mestre Carmelino ficará aberta para visitação até o dia 30 de janeiro.

Santana de Parnaíba tem a maior quantidade de grupos de Samba de Bumbo do Estado de São Paulo, os grupos tradicionais Treze de Maio de Samba do Cururuquara e o Grito da Noite, além de um grande número de grupos contemporâneos.

A próxima exposição terá como tema "O Grito da Noite e o Samba de Bumbo no Carnaval Parnaibano" e além de contar a história da manifestação dentro desse contexto carnavalesco, quer aproximar comunidades de samba, moradores e artistas para que possam narrar essa história também.
 
Inspirada no modelo de museus comunitários como ferramenta para manter a memória coletiva a Casa do Samba Parnaibano abre inscrições para que os grupos locais, artistas, moradores e pesquisadores da cultura possam contribuir com a construção da próxima exposição. Os interessados poderão enviar até o dia 20 de dezembro propostas para exposição na forma de textos, imagens digitais ou impressas, vídeos, objetos de acervo pessoal, como porta-retratos, estandartes, bandeiras, entre outros materiais.

No último sábado, 13 de novembro, o espaço realizou seu primeiro encontro "Casa do Samba Parnaibano de portas abertas com os grupos locais, artistas e moradores, na presença do Secretário Municipal de Cultura e Turismo para apresentar o plano de trabalho do primeiro ano de funcionamento do espaço e dar inicio a um diálogo com a sociedade civil para que a construção do espaço possa ser democrática e participativa.

Além de fazer da próxima exposição um trabalho coletivo com moradores e comunidade da cultura, a Casa do Samba Parnaibano abriu inscrições de propostas para o uso do espaço público e propostas para artistas que queiram comercializar obras e produtos também relacionados ao propósito do espaço.
 
As fichas para essas inscrições podem ser retiradas pessoalmente na Rua André Fernandes, Nº 51 - Centro Histórico ou solicitas por e-mail no endereço: casadosambaparnaibano@gmail.com  
 
Texto por Mariana Egry

Mariana Egry é moradora do bairro Vila Velha em Santana de Parnaíba, sambadora, produtora cultural, socióloga, pesquisadora do Samba de Bumbo de São Paulo e responsável pelas ações socioculturais das comunidades do Samba do Cururuquara e União da Vila Refúgio.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






CULTURA  |   20/05/2022 15h13


CULTURA  |   17/05/2022 14h58







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb