ECONOMIA

Caminhoneiros anunciam nova greve.




"Caminhoneiros planejam protesto contra o aumento dos combustíveis - Foto: (Divulgação/CUTRJ)

Os caminhoneiros anunciaram uma paralisação nacional na madrugada da próxima segunda-feira (16) em todo o país, em protesto, principalmente, contra a alta dos preços dos combustíveis. A promessa de uma grande greve foi feita na última sexta-feira (06) por um dos líderes da categoria, Marconi França, após reunião que teve com a Central Única dos Trabalhadores do Rio de Janeiro (CUT-RJ), a quem pediu apoio, e representantes de vários estados. “O Brasil vai parar”, ele garantiu.

França também pediu a solidariedade de toda a população: “Você, dona de casa, pai de família, que não está satisfeito com o preço da gasolina, com o preço do óleo diesel, com o preço do bujão de gás (sic). Junte-se a nós, que essa briga é de todos, não é só nossa”, convocou.

O outro Lado

A paralisação dos caminhoneiros não deve ir para a frente, na avaliação do governo. A impressão que se tem no Executivo é que a categoria não está suficientemente mobilizada.

O ministro Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) tem atuado de maneira intensa para saber o potencial real de uma greve. Na 5ª feira passada (5.dez), teve mais uma reunião do fórum criado para manter aberto o diálogo entre governo e motoristas de caminhão.

A CUT mantém a informação de que haverá greve.



Confira o vídeo:






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ECONOMIA  |  28/10/2020 - 09h





ECONOMIA  |  23/10/2020 - 09h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb