XADREZ - ESPORTES

Enxadrista osasquense é campeã brasileira


Foto:(SEREL)

A osasquense Julia Alboredo conquistou em Cuiabá, no Mato Grosso, o título do Campeonato Brasileiro Feminino de Xadrez. A cidade sediou também o Brasileiro Absoluto (masculino). As disputas nas duas categorias ocorreram entre os dias 29/10 e 4/11. Ela conquistou o título em critério de desempate contra Juliana Terão.
 
As finais dessa edição foram realizadas no formato "aberto", já que não houve tempo hábil para a realização de torneios classificatórios como eram feitos antes da pandemia. Por esse motivo as finais atraíram vários participantes, com 204 no absoluto e 47 no feminino.

Além de Julia, que conquistou o título inédito, com 9.5 pontos em 11 possíveis (oito vitórias e três empates), também participaram das disputas os osasquenses Eliana Souza, Vitor Carvalho e Renato Quintiliano.

Em dezembro, Julia ainda irá disputar uma série de torneios na Europa em busca de novas normas.
 

"Atingir normas no xadrez não é fácil, pois é quando o enxadrista atinge a marca dos 2.500 pontos de rating e consegue três performances (desempenhos) acima de 2.600 em eventos internacionais e com a participação de grandes mestres", disse Wagner Madeira, professor e mestre Fide.

Já a veterana Eliana Souza fez 5.5 pontos em 11 possíveis, entre 47 participantes, classificando em 20º lugar. Vitor Carvalho, atual campeão do absoluto sub-14, somou 5.5 em 11 possíveis e conquistou 74 pontos de rating internacional.

Renato Quintiliano, professor da modalidade na escola de Xadrez de Osasco e Mestre Internacional, ficou em 13º lugar, com 7.5 pontos. No mês de janeiro o enxadrista venceu o torneio relâmpago online, realizado na plataforma Chess.com, que contou com a participação de 306 enxadristas de todo o Brasil.

Todos os enxadristas fazem parte da Escola de Xadrez França Garcia e do Bolsa Atleta, programa oferecido pela Prefeitura de Osasco em conjunto com a Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer.
 

"Isso mostra que a demanda de força dos enxadristas brasileiros estava represada, precisando apenas de oportunidade para se manifestar. Se o modelo de formato 'Aberto' vingar nos próximos anos, o xadrez brasileiro tem muito a ganhar", avalia Wagner Madeira.

"Julia possui bons resultados na modalidade. Recentemente ela participou da Copa de Xadrez realizada na Rússia, uma das maiores competições do gênero, tudo conquistado por mérito e persistência. Parabéns à enxadrista por mais um título", elogiou o secretário de esporte, Rodolfo Rodrigues Cara.


 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTES  |   14/01/2022 15h21





ESPORTES  |   26/11/2021 10h27


ESPORTES  |   22/05/2022 14h23







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb