POLÍTICA

Sabrina diz que o erro foi de Silvinho, que contesta e relata que não há transparência nos procedimentos


Silvinho Filho (PSD) e Sabrina Colela (Avante): discordâncias recorrentes - Imagem: Reprodução

As justificativas sobre a ausência do nome do vereador Silvinho Filho (PSD) como inscrito na tribuna livre da sessão da última terça-feira (19) foram enviadas pela presidente da Câmara Municipal, Sabrina Colela (Avante) ao jornal O Anhanguera nesta quarta-feira (20)
  
De acordo com as informações encaminhadas consta que o parlamentar entre às 15:07:04 e às 15:07:09 tentou se inscrever para o Tema Livre, no entanto, nesse período, que se iniciou às 14:51:46 até às 15:09:40 o sistema estava aberto para registro de presença, "Sendo assim o terminal dele não emite a mensagem para ele digitar a senha ou colocar a digital", afirma.
 
Às 17:40:48, segundo as informações, o registro indica que o vereador novamente tentou realizar a inscrição, mas desta vez o sistema exibiu a mensagem de "Inscrição Fechada". Com isso, o vereador tentou se inscrever três vezes fora do período permitido, e na quarta tentativa já não poderia pelo fato do período ter expirado.    
  
Procurado pelo jornal O Anhanguera, o vereador contesta os expostos:
 
As informações são esparsas e não justificam o ocorrido. Ao chegar na câmara, normalmente registrei minha presença. E, pelo que estão me contando, foi falado que existe um suposto "período de presença" que durou até aproximadamente 15:10, isso nunca foi falado. Não existe informação formal aos vereadores do fim deste período, bem como não existe a informação de que não se é possível realizar outros atos, tais como, registro para tribuna livre, durante este período.
  
E ainda afirma que todas as informações correspondentes aos registros e mesmo às ordens estabelecidas dos parlamentares para uso da tribuna só podem ser acessadas pela própria presidente
 
Ressalto que não há na câmara um painel onde constem os inscritos e sua ordem. Somente a Presidente tem acesso a isso. Algo inaceitável e que evidencia a falta de transparência. Inclusive podendo a Presidente alterar as ordens dos inscritos de acordo com sua vontade, uma vez que os vereadores não sabem sua posição de fala, afirma Silvinho Filho





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   03/12/2021 15h38





POLÍTICA  |   03/12/2021 10h38


POLÍTICA  |   03/12/2021 09h47







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb