COLUNISTAS

É um caso de AMOR
439 anos


Praça XIV de Novembro. Foto: (Leandro Daher/OA)

Muitas das vezes eu não acredito que apenas moro em Parnaíba, porque com Parnaíba eu tenho um caso de amor. Amor desses que quase rompe a barreira da sensatez, sim, eu tenho com Parnaíba, um caso de amor.
Sempre que me perguntam onde nasci, digo com orgulho que aqui nasci, fui criado e pela Santa Margarida batizado, sim, eu tenho um caso de amor. Amo suas ruas, sua gente, suas tradições, seu casario, suas lendas e seus mitos.  Amor esse que é marcado na folhinha, da Folia de Reis as luzes de Natal, com Parnaíba eu tenho um caso de amor.

Podem existir outras mais belas, mais modernas e até mais abonadas, mas é em Parnaíba onde eu quero estar, é com Parnaíba que eu tenho um caso de amor. Amor pela cor da serragem de Corpus Christi, pela beleza do Drama da Paixão, pela fé da procissão de Sant´Anna, pela tradição do Samba de Bumbo, pela música do antigomobilismo e pela banda da alvorada. Cenário de tantas produções, fazendo dela muitas cidades, afinal Parnaíba já foi Salvador, Pernambuco, Recife e tantas outras, mas nenhuma delas já foi Parnaíba e é com Parnaíba que eu tenho um caso de amor.

Parabéns pelos seus 439 anos de histórias e que Sant´Anna poderosa sempre nos proteja.

P.S. Você pode até achar que exagerei, mas quem ama não enxerga defeitos e é com Parnaíba que eu tenho um caso de amor.
 



Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



COLUNISTAS  |   10/09/2021 18h16





COLUNISTAS  |   26/08/2021 17h50


COLUNISTAS  |   23/05/2021 17h00







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb