8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb

SAÚDE

Hospital Municipal de Barueri recebe certificação do Programa Nacional de Qualidade em Mamografia
Saúde06/11/2019 14h47 Por: Da Redação





Exames de Mama realizados no HMB. Foto: (Janaina Barbedo / HMB)

Foi coincidentemente no mês do combate ao câncer de mama, o  Outubro Rosa, que o Hospital Municipal de Barueri (Dr. Francisco Moran) foi aprovado e certificado pelo Programa Nacional de Qualidade em Mamografia (PNQM), do Instituto Nacional de Câncer (Inca) em função dos exames oferecidos às pacientes. A mamografia, indicada para mulheres com mais de 40 anos, é o exame radiológico capaz de detectar a presença do câncer de mama antes mesmo de se tornar palpável.  

Para alcançar o certificado foi necessária a realização do curso de atualização em mamografia, oferecido pelo Inca, para as seis colaboradoras do setor de radiologia que atuam na modalidade, depois inscrever todos os profissionais que realizam o exame e cadastrar todos equipamentos e elementos utilizados. Para concluir a análise, o Inca avalia os materiais, as doses de radiação recebidas pela paciente e os laudos dos exames.  

Após todas essas etapas, o HMB obteve o certificado, com validade de três anos, que atesta que os exames realizados na unidade possuem qualidade aprovada pelo Inca e também pelo Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR). 

Só neste ano, entre janeiro e setembro, o Hospital realizou mais de 11.600 mamografias, o que representa uma média mensal de 1.291 exames. Para celebrar o mês de combate ao câncer de mama, entre outubro e novembro, o atendimento foi estendido de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h40, para segunda-feira a sábado, entre 8h e 19h. Com essa ampliação, a capacidade de atendimento alcançou a oferta de 3 mil mamografias em outubro e 2.500 em novembro, ou seja, mais do que o dobro do que é realizado mensalmente. 

 Saiba mais sobre o Programa  

O Programa de Qualidade em Mamografia teve início em 2007 com um projeto-piloto desenvolvido pelo Inca em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR). Ao final do projeto foi identificada a necessidade de expandir as atividades em todo o país, e assim, em 2012, foi instituído o Programa Nacional de Qualidade em Mamografia.  

Dentre as suas principais práticas, merece destaque as ações com finalidade de aprimorar a qualidade das mamografias e a elaboração de instrumentos de garantia da imagem, do diagnóstico e da dose de radiação.  




COMENTÁRIOS




VEJA TAMBÉM



SAÚDE  |  13/11/2019 - 17h