CENÁRIO URBANO

Terror no interior: Bandidos atacam bancos, faz refém e leva o terror para Araçatuba.


Reprodução

Um grupo de criminosos levou terror à cidade de Araçatuba, no interior de São Paulo, durante ataques a três agências bancárias na madrugada de hoje. A quadrilha espalhou explosivos nas ruas do centro e usou moradores como escudo na fuga. Ao menos três pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas. Ainda de acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), duas pessoas foram detidas.
 
O ataque aconteceu no centro da cidade, ao redor da Praça Rui Barbosa, onde estão localizadas várias agências bancárias. Imagens que circulam nas redes sociais, feitas por moradores, mostram os minutos de tensão enquanto o grupo efetuava disparos pelas ruas.

Reprodução

Após o assalto, os criminosos saíram pelas ruas e foram abordando pessoas que estavam no caminho e roubando seus veículos. Um dos vídeos mostra dois homens feitos reféns pendurados - um no teto, e outro no capo - do lado de fora de um dos carros usados na fuga.
 
A Santa Casa de Araçatuba informou que quatro feridos, todos homens, estão sendo atendidos na unidade. Três foram feridos por tiros e um por explosivo.
 
Segundo a Policia Civil de Araçatuba, entre os mortos, dois seriam civis - uma vítima foi encontrada morta dentro de um carro e a outra, caída na rua - e o terceiro seria um criminoso, morto durante confronto com a polícia no bairro rural Taveira. O coronel Álvaro Batista Camilo, secretário de Segurança Pública em exercício de São Paulo, informou ainda que o grupo usou drones para monitoras a resposta de policiais à ação.
 
Em nota, a SSP disse que "estão em andamento buscas para a localizar os criminosos. Unidades territoriais da PM de Araçatuba, com o apoio de equipes de Bauru, São José do Rio Preto e Presidente Prudente, além do Águia e da Polícia Civil participam das diligências".

Uma equipe do Gate (Grupo de Ações Tática Especiais) também está em deslocamento para o município para desmontar os explosivos deixados pelos criminosos. Em entrevista à Globonews, o capitão da PM-SP Alexandre Guedes informou que seriam 14 os pontos com explosivos na cidade.




 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



CENÁRIO URBANO  |   09/08/2022 15h15





CENÁRIO URBANO  |   09/08/2022 11h14


CENÁRIO URBANO  |   08/08/2022 15h34







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb