8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Barueri tem base 24h para acolher vítimas de violência doméstica
Responsabilidade Social23/10/2019 14h48 Por: Da Redação





Proteção à mulher vítima de violência é 24 horas. Foto: (Charles Félix / SSMU)

A Guarda Civil Municipal de Barueri tem uma base na rua Sergipe, 89, na Aldeia de Barueri, que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. A instalação é uma Base Guardiã Maria da Penha, que oferece, ininterruptamente, proteção a mulheres vítimas de violência. 
 
A subinspetora Magali Figueiredo, coordenadora do projeto Guardiã Maria da Penha, conta que o programa é concebido em diretrizes da Lei Maria da Penha, em cooperação com o Ministério Público e com a Secretaria da Mulher, e que a estrutura de Barueri é pioneira na região. 
 
“É um espaço relativamente grande. Nós temos a sala de acolhimento e – devido essas mulheres estarem vulneráveis, saírem de suas casas após a violência e muitas vezes trazerem suas crianças – nós temos também o espaço kids, em que uma guardiã acolhe essas crianças”, explica Magali, ressaltando que é imprescindível o funcionamento 24 horas por dia. “A gente percebe que a maior parte das ocorrências são no horário noturno.” 
 
Uma das principais funções da equipe Guardiã Maria da Penha da Guarda é conferir, com visitas e patrulhamento, o cumprimento de medidas protetivas contra agressores. Atualmente são 48 mulheres acompanhadas diariamente.    
 
E se engana quem pensa que a Lei Maria da Penha é para proteger as mulheres apenas de seus companheiros. “Muitos falam que é só sobre marido e mulher. Mas não, tem irmãos também, tem filhos. Tem idosas que têm esse problema com filhos que são usuários de drogas”, relata Luciana Oliveira, classe distinta (CD) da Guarda. Luciana afirma que não é fácil ser mulher e trabalhar com essa situação. “Às vezes é frustrante, gera uma revolta, mas somos profissionais.” Os integrantes do programa passaram por cursos especializados de capacitação, ministrados pelo Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica, do Ministério Público. 
 
Conscientização 

Além de ser um posto que oferece proteção 24 horas às vítimas de violência doméstica, a Base Guardiã Maria da Penha também é um importante ponto de visibilidade e de conscientização sobre o combate à violência contra a mulher.  
 
“É muito importante que seja divulgado esse trabalho que as guardas fazem com tanto carinho e com tanto orgulho. É uma experiência que vale a pena as pessoas conhecerem. A nossa base trabalha 24 horas por dia”, ressalta Regina Mesquita, secretária de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri, pasta responsável pela Guarda Municipal. 
 
Outro grande trabalho de conscientização neste tema é o projeto Guardiã Maria da Penha nas Escolas, que é uma iniciativa voltada para alunos e educadores de escolas públicas e particulares de Barueri. 
 
“É uma campanha educativa em que vamos às escolas para fazer uma palestra de prevenção contra a violência doméstica. Há também a lei municipal 2.537, que reserva a primeira semana de agosto para ações como esta”, informa Keli Rigonati, subinspetora da Guarda. 
 
Contato 
O telefone de contato da Base Guardiã Maria da Penha é o 4194-7562. O endereço é rua Sergipe, 89, na Aldeia de Barueri. 
 




COMENTÁRIOS




VEJA TAMBÉM



RESPONSABILIDADE SOCIAL  |  30/09/2019 - 11h





RESPONSABILIDADE SOCIAL  |  21/09/2019 - 12h


RESPONSABILIDADE SOCIAL  |  15/09/2019 - 10h