PET

Cidades implantam ações de atendimentos aos pets




Prefeito Rogério Lins (Pode) em janeiro de 2019 durante anúncio da implantação dos hospitais veterinários na cidade. Foto (Reprodução)

A questão de bem estar animal não só tem ganhando notoriedade, como também já faz parte da agenda de gestores públicos da região. Em Cajamar, no último dia 4, o prefeito Danilo Joan (PSD) realizou a entrega de uma Unidade de Resga­te Animal, que funcionará no atendimento de extrema emergência. Além da unida­de móvel, a prefeitura está construindo o primeiro Am­bulatório Animal, implan­tado no Centro de Eventos “Boiódromo” em Jordané­sia. Na mesma esteira dos serviços de resgate, Barueri em agosto também anunciou o projeto “Resgate Animal”, que contará com uma ambu­lância semi-UTI para aten­der os animais de rua feridos e machucados, os quais pos­teriormente encaminhados ao ambulatório do Centro de Proteção ao Animal Domés­tico (Cepad). O município também foi escolhido para abrigar o primeiro hospital veterinário público do esta­do que beneficiará cidades da região.

Em Osasco, que mesmo tendo sido expos­ta devido aos maus tratos promovidos ao cão Man­chinha nas dependências do hipermercado Carrefour, é o município que conta com a maior infraestrutura dire­cionada ao bem estar ani­mal, que compreende o Pet Parque, o primeiro do gê­nero na região inaugurado em 2016. O local que conta com extensa área verde, pis­ta de caminhada e espaço de convivência também abri­ga o 1° hospital veterinário de Osasco, inaugurado em fevereiro desde ano e que leva o nome de Manchinha. Em maio foi entregue a se­gunda unidade hospitalar, em funcionamento na zona norte no antigo Centro de Controle de Zoonoses. O local conta com seis salas de atendimento de clínica médica, três centros cirúr­gicos, Raio-X, exames de imagens e de laboratório clínico. Já em Santana de Parnaíba é oferecido o ser­viço de Home Care Ani­mal, que disponibiliza uma equipe para o atendimento domiciliar daqueles que são beneficiários de programas sociais.

Em julho foi anun­ciado que no prazo de dois meses seria inaugurada uma UBS Animal, a qual funcio­naria no bairro Jardim Be­noá, em frente ao Fórum da cidade, contudo, passado o prazo o equipamento ainda não está em funcionamento.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM





google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb