ELEIÇÕES 2022

Justiça Eleitoral absolve Haddad da acusação de caixa dois nas eleições de 2012


Haddad comemora sua vitória em 2012- Imagem: Marcelo Camargo/ABr

Em julgamento nessa terça-feira (27) o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) absolveu por unanimidade o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), da acusação de caixa dois nas eleições municipais de 2012. No julgamento, o relator, Afonso Celso da Silva, afirmou em seu voto que não havia provas suficientes para demonstrar que o ex-prefeito cometeu crime eleitoral.
 
Em 2019 foi aplicada uma pena a Haddad de quatro anos e seis meses de prisão em regime semiaberto, mas o petista recorreu em liberdade ao TRE. Na primeira instância, o juiz eleitoral Francisco Carlos Shintate havia condenado Haddad sob o argumento de que duas gráficas emitiram notas fiscais frias para a campanha vitoriosa dele à Prefeitura de São Paulo em 2012, e o petista cometeu crime eleitoral ao incluir esses documentos em sua prestação de contas.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ELEIÇÕES 2022  |   23/09/2021 19h58


ELEIÇÕES 2022  |   23/09/2021 10h08


ELEIÇÕES 2022  |   21/09/2021 07h20




google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb