POLÍTICA

Julgamento de Dória é adiado.
Política09/10/2019 09h45Atualizada em 09/10/2019 10:10 Por: Da Redação Fonte: Política Estadão





João Dória (Divulgação/Agência Brasil)

O julgamento da ação que pede perda de mandato e inelegibilidade por oito anos do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e do vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM), foi adiado após desembargadores que julgam o caso pedirem vista durante sessão do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), nesta terça-feira, 8.

O desembargador Campos considerou inviável a comparação da média dos gastos com os três anos anteriores, uma vez que Doria estava no comando da Prefeitura há apenas um ano. “A comparação dos fatos deve ser realizada em períodos iguais de uma mesma gestão”, argumentou Campos. “A publicidade pode ser mais ou menos usada em diferentes gestões”, completou.

O relator da ação argumentou, ainda, que João Doria não obteve maioria dos votos para governador em 2018 na capital paulista e, por isso, os gastos com publicidade na cidade não o teriam beneficiado.

Ainda não há data para que o julgamento seja retomado





COMENTÁRIOS




VEJA TAMBÉM






POLÍTICA  |  18/10/2019 - 17h