PET

Barueri: Já está no ar o Portal Pet


Foto:(Fernando Foca/Secom)

A Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (Sema) de Barueri, em conjunto com o Centro de Inovação e Tecnologia (Cit), acabam de lançar a mais nova ferramenta que vai facilitar a vida dos tutores de animais domésticos da cidade. O Portal Pet vai reunir todos os serviços oferecidos aos bichinhos de Barueri.
 
Lançada nesta semana, a ferramenta já conta com o Registro Geral Animal (RGA), que agora pode ser feito totalmente on-line, e o sistema de agendamento para os mutirões de castração de cães e gatos quando as vagas são disponibilizadas.

No caso do RGA on-line, é possível o registro de 10 animais por munícipe ou endereço, que poderá efetuar seu cadastro virtualmente. Mas é importante lembrar que o morador de Barueri deverá possuir o Cadastro do Cidadão para que o registro seja concedido.
 
Já o agendamento de mutirão irá abrir conforme o calendário das campanhas de castração realizadas pela Sema, que costumam ocorrer a cada dois meses. Em breve, no entanto, com a chegada do Programa Meu Pet, elas serão mais frequentes. Além do agendamento, na aba do serviço é possível cancelar o agendamento e também imprimir a autorização de procedimento cirúrgico.

Em breve, outros serviços serão incluídos no Portal. Apesar da informatização, os atendimentos presenciais, por enquanto, serão mantidos.
 
Veio para facilitar

Para o biólogo Ivan Vanderley Silva, diretor de Biodiversidade da Sema, a solução vai trazer mais comodidade aos munícipes e tornar o trabalho mais dinâmico e célere, já que agora é possível acessá-los de onde estiver.

 “O RGA on-line vai trazer muita facilidade para o munícipe, especialmente porque ele consegue cadastrar o animal sem precisar sair de casa, com a facilidade de acesso ao computador ou ao celular. Ele vai ter a possibilidade de atualizar os dados de seus pets, além da nova ferramenta que é a transferência”, diz Ivan.
 
 Há, segundo o biólogo, outras funcionalidades: “no RGA on-line você tem a opção de informar óbito, fuga e se o animal foi entregue para outro tutor, e aí tem o processo de transferência junto ao novo tutor do animal. E essa é uma solução importante para que possamos gerenciar melhor os animais na cidade, saber quem realmente é o tutor daquele animal, especialmente no caso de fuga”, frisa Ivan.

 Para Jonatas Randal, administrador do Cit, a tendência é essa: criar cada vez mais ferramentas e mecanismos que facilitem a vida das pessoas. “Esse é o papel da tecnologia e nosso papel enquanto Prefeitura: usar todos os recursos existentes para viabilizar processos, melhorar os serviços públicos e garantir o acesso de todos sem entraves, filas e burocracias. É isso que estamos fazendo com esse novo portal e vários outros mecanismos modernos já disponíveis ao cidadão barueriense graças à transformação digital”, afirma.

 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM





google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb