POLÍTICA

Vacinoduto: Polícia Federal abre inquérito para investigar crime de prevaricação de Bolsonaro


Divulgação

A Polícia Federal (PF) abriu inquérito para investigar se o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cometeu crime de prevaricação durante as negociações para a aquisição da vacina indiana Covaxin. A informação foi revelada pela coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo.
 
Segundo o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), Bolsonaro foi informado sobre as suspeitas de contrato superfaturado e teria prometido mandar o caso para a Polícia Federal (PF).





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   24/09/2021 19h55


POLÍTICA  |   24/09/2021 11h58




google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb