RESPONSABILIDADE SOCIAL

CCR ViaOeste alerta ciclistas sobre riscos de pedalar em rodovias


Divulgação

O ciclismo tem ganhado muitos adeptos nos últimos tempos e essa modalidade esportiva traz muitos benefícios para a saúde e para a qualidade de vida dos praticantes. Mas, para que a atividade aconteça de forma segura, a CCR ViaOeste está orientando os ciclistas sobre a importância de realizar essa prática em locais seguros, como ciclovias e ambientes apropriados e com iluminação pública no período noturno. A iniciativa faz parte do Movimento Maio Amarelo, que traz neste ano como tema Respeito e Responsabilidade, duas atitudes que todos devem tomar constantemente no trânsito
 
 As campanhas educativas acontecerão nos próximos finais de semana. Neste sábado (15/05) e no dia 22, a orientação será no km 48 da rodovia Castello Branco, em Araçariguama. No domingo (23/05) a ação será promovida no km 8 da rodovia Senador José Ermírio de Moraes (Castelinho), em Sorocaba, sempre das 7 às 9 horas.

De acordo com o coordenador de tráfego da CCR ViaOeste, Alessandro Pereira, os finais de semana concentram principalmente os ciclistas que realizam passeios entre as cidades e utilizam a rodovia para esse deslocamento. “Percebemos um volume crescente de bicicletas às margens das rodovias e este é um cenário preocupante, em virtude do risco que os ciclistas correm ao pedalar pelo acostamento”, enfatiza.
 
 O principal perigo, segundo ele, é a bicicleta ser atingida por um veículo ou até mesmo o ciclista perder a estabilidade e equilíbrio com a passagem de uma carreta ou ônibus. Outra situação muito arriscada é a travessia dos acessos e trevos, quando pode haver a colisão com um veículo que está trafegando com velocidade acima de 100 km/h. “As consequências, nestes casos podem ser graves e o risco de morte é grande”, ressalta o coordenador de tráfego.

 Durante a noite, a visibilidade fica muito comprometida, mesmo com o uso de luzes na bicicleta, o que aumenta consideravelmente o risco de acidentes. Dessa forma, a orientação é evitar pedalar no período noturno e redobrar os cuidados caso seja necessário o deslocamento próximo às rodovias. Outro cuidado importante é utilizar sempre equipamentos de segurança, como calçados adequados, capacete, roupas claras e adesivos refletivos para se tornarem mais visíveis aos motoristas.
 
O folheto entregue aos ciclistas chama a atenção para esses cuidados e contém ainda outras dicas importantes, como seguir no mesmo sentido dos carros, não utilizar fones de ouvido, pedalar em fila indiana e nunca em pares, e jamais pegar rabeira ou vácuo de outros veículos, principalmente caminhões.

 O MOVIMENTO

 O Maio Amarelo é uma iniciativa proposta pelo Observatório Nacional de Segurança Viária e tem apoio das concessionárias e ARTESP (Agência de Transportes do Estado de São Paulo). O Movimento nasceu com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas. Mais informações sobre o movimento podem ser obtidas no site www.maioamarelo.com





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



RESPONSABILIDADE SOCIAL  |   14/09/2021 15h27





RESPONSABILIDADE SOCIAL  |   14/09/2021 09h04


RESPONSABILIDADE SOCIAL  |   14/09/2021 08h53







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb