POLÍTICA

STF julga liberação de cultos e missas durante a pandemia




Divulgação

O STF (Supremo Tribunal Federal), julga, nesta quarta-feira (7), a liberação de cultos e missas presenciais. O relator, ministro Gilmar Mendes, indeferiu ação do PSD (Partido Social Democrático) contra decreto que vetava eventos religiosos no Estado de São Paulo.
 
Em outra ação, o ministro Nunes Marques autorizou atividades religiosas no país, desde que se respeitem os protocolos sanitários. A PGR (Procuradoria Geral da União) e AGU (Advocacia Geral da União) são favoráveis à decisão do ministro, indicado neste ano para a Corte pelo presidente Jair Bolsonaro.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






POLÍTICA  |   11/04/2021 10h57







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb