SAÚDE

Em 2020 foram 275 mil mortes a mais que o esperado, diz Conselho de Secretários de Saúde




Enterro em Manaus - Jan. de 2021 - Alex Pazuello/Secom

De acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), no ano passado o Brasil registrou 22% a mais de mortes por causas naturais do que era esperado. O levantamento, realizado pela organização global de saúde Vital Strategies, foi divulgado nesta segunda-feira (29) e apontou que ocorreram 275.587 mortes a mais em 2020 do que era esperado.
  
Contudo, o aumento das mortes por causas naturais, não deve ser diretamente atribuído pelo coronavírus. "O número de óbitos superior ao que era esperado para o período pode também ser reflexo indireto da epidemia", explicam no estudo. "Mortes provocadas, por exemplo, pela sobrecarga nos serviços de saúde, pela interrupção de tratamento de doenças crônicas ou pela resistência de pacientes em buscar assistência à saúde, pelo medo de se infectar pelo novo coronavírus" afirmam
  
Ao todo, era esperado que 1.231.020 pessoas morressem por causas naturais em 2020, com base nos dados históricos do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde de 2015 a 2019.
 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM





google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb