POLÍTICA

PGR irá recorrer decisão de Fachin.




Divulgação

A Procuradoria-Geral da República (PGR) vai recorrer contra a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin que anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva proferidas pela 13ª Vara Federal de Curitiba. O procurador-geral da República Augusto Aras já determinou à sua equipe que prepare um recurso contra a decisão.
 
Esse recurso pode pedir ao próprio Fachin que modifique seu entendimento ou solicitar que o tema seja levado para julgamento dos demais ministros, seja na Segunda Turma do STF ou no plenário. O recurso deve ser apresentado nos próximos dias.

O assunto está sob responsabilidade da subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo, responsável pelos casos da Lava-Jato perante o STF.
 
A PGR tem se posicionado de forma contrária aos últimos pleitos da defesa de Lula, como em relação ao acesso às mensagens apreendidas na Operação Spoofing.
 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






POLÍTICA  |   11/04/2021 10h57







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb