CENÁRIO URBANO

Reclassificação mantém região na fase amarela e aumenta horário para vendas de bebidas alcóolicas em restaurantes.




Reprodução.

O Governador João Doria anunciou nesta sexta (19) a 22ª reclassificação de regiões no Plano São Paulo de controle da pandemia. 

Municípios em áreas de fase amarela que incluem aí a Capital e Região Metropolitana da Grande São Paulo podem permitir 40% de ocupação em academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, concessionárias, escritórios e parques estaduais, com expediente de até dez horas diárias para restaurantes e 12 horas para as demais. O atendimento presencial deve ser encerrado às 22h em todos os setores. Nos bares, as portas fecham mais cedo, às 20h. Eventos que geram aglomeração, como festas, baladas e shows continuam proibidos.
 
Na etapa laranja, o funcionamento dos serviços não essenciais é limitado a até oito horas diárias, com atendimento presencial máximo de 40% da capacidade e encerramento às 20h. O consumo local em bares está totalmente proibido.

Com a reclassificação desta sexta, na fase amarela a venda de bebidas alcoólicas em lojas de conveniência e restaurantes passa a ser permitida por mais duas horas, das 6h às 22h. 
 
Todos os protocolos sanitários e de segurança para os setores econômicos devem ser cumpridos com rigor. Prefeituras que se recusam a seguir as normas estabelecidas pelo Governo do Estado ficam sujeitas a sanções judiciais.

 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



CENÁRIO URBANO  |   08/03/2021 11h28





CENÁRIO URBANO  |   08/03/2021 10h44


CENÁRIO URBANO  |   06/03/2021 19h13







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb