ELEIÇÕES 2020

As "Regiões-chave" que desde 2012 garantem vitórias ao PSDB em Santana de Parnaíba




Vista área do Centro Histórico de Santana de Parnaíba - Leandro Daher

Em uma eleição os candidatos procuram obter o maior número de votos, independente dos bairros, idades e classes sociais dos eleitores. Contudo, em Santana de Parnaíba há três regiões consideradas essenciais e determinantes para a vitória e derrota. Fazendinha (exceto a região do 120), Alphaville e Centro expandido (compreendendo Centro Histórico, Frediani e São Luiz) são ditas como ‘Regiões-chave’, as quais levaram os três últimos prefeitos eleitos obterem praticamente metade de seus votos provenientes dessas áreas.
.
Dos 33.828 votos obtidos pelo candidato, e agora prefeito eleito Marcos Tonho (PSDB), 16.702 foram provenientes das localidades, os três maiores colégios eleitorais dos 10 existentes em Santana de Parnaíba, que juntos corresponderam a 49,35% do total recebido pelo tucano. Para um cenário igualitário do potencial de votos, seria necessário somar os eleitores do: Parque Santana, Cidade São Pedro, 120, Colinas da Anhanguera, Ingaí, Refúgio dos Bandeirantes, que ainda sim ficam com margem menor, devido ao número de abstenções dos outros três, superior aos demais.
 
Outro ponto imprescindível é o quanto seria necessário sair vencedor dessas “Regiões-Chave” Em termos comparativos Marcos Tonho alcançou quase a mesma porcentagem da somatória dos votos válidos recebidos pelos outros 4 candidatos, o que lhe garantiu praticamente uma vitória certa, mesmo caso não as obtivessem nas outras regiões.  

Contudo, mesmo vitorioso, o próximo prefeito ficou abaixo dos 18.840 obtidos por Elvis Cezar nesses locais em 2016, que também chegou a alcançar 49,33% dos votos válidos.
 
A importância de sair vitorioso dos 3 locais, tem garantido a permanência do partido no comando do executivo de Santana de Parnaíba, que desde 2012, quando o atual deputado estadual Cezar conquistou 49.83% dos votos somados nessas localidades,  os têm mantidos como principal trunfo diante dos adversários e mesmo como prioritários perante a outras regiões da cidade, não apenas pelo números de eleitores, mas sobretudo ao direcionamento dos votos que são dados aos seus candidatos.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ELEIÇÕES 2020  |   04/12/2020 20h45





ELEIÇÕES 2020  |   30/11/2020 16h04


ELEIÇÕES 2020  |   30/11/2020 09h44







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb