SAÚDE

Dois a cada 10 brasileiros não pretendem tomar a vacina da Covid-19.




Divulgação.

Uma pesquisa revelou que dois em cada dez brasileiros não tomariam a vacina contra a Covid-19, caso ela já estivesse disponível. De acordo o estudo da Ipsos, realizado em outubro, o Brasil é o quarto país com maior adesão. Foram ouvidas quase 20 mil pessoas em 15 países diferentes, sendo um mil delas do Brasil.

Segundo a pesquisa, 81% dos brasileiros tomariam a vacina se estivesse disponível hoje. O país está atrás apenas da Índia (87%), China (85%) e Coreia do Sul (83%). Já Itália (65%), Espanha (64%), Estados Unidos (64%) e França (54%) são os países com a menor adesão à uma futura vacina contra a doença.
Ainda segundo a pesquisa, dos brasileiros que não tomariam a vacina, 48% disseram que estão preocupados com a rapidez dos testes clínicos, enquanto 27% se preocupam com os efeitos colaterais. A microbióloga Natalia Pasternak explicou que não há motivo para inseguranças porque os testes clínicos foram conduzidos com o mesmo rigor de outras vacinas e, até agora, não há indícios de efeitos colaterais graves.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM





google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb