POLÍTICA

TRE cassa mandatos do prefeito e do vice-prefeito de Cotia, na Grande SP




Divulgação.

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) determinou, em votação realizada na noite de quinta-feira (12), a cassação dos mandatos do prefeito de Cotia, Rogério Cardoso Franco (PSD), e do vice dele, Almir Rodrigues da Rocha, por abuso de poder político e econômico na campanha eleitoral de 2016. Cabe recurso da decisão para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A cassação dos mandatos atuais ocorreu em votação realizada por modelo virtual e ocorreu por maioria de votos. Os juízes do TRE não mantiveram, porém, a inelegibilidade de ambos por 8 anos, que havia sido determinada pelo juiz de 1ª instância. Isso significa que os dois podem concorrer a um novo mandato no pleito do próximo domingo (15).
 
Rogério Franco (PSD) é candidato a reeleição na cidade neste ano, ao lado de uma nova vice de chapa, Ângela Maluf (PV).

Em nota, Rogério Franco, através de seu advogado, Ricardo Vita Porto, informou que irá recorrer da decisão. O recurso, diz o advogado, permitirá que "permaneça no cargo até o término deste mandato".

"Importante destacar que o TRE reconheceu que o Prefeito e Vice não praticaram qualquer irregularidade, tanto que retiram a pena de inelegibilidade, mantendo assim sua candidatura à reeleição", disse a defesa em nota.
 
Em 2017, quando a Justiça Eleitoral anunciou a cassação do mandato de ambos pela primeira vez. Franco e Rodrigues negaram as acusações e afirmaram que continuariam nos cargos aguardando o julgamento de recursos que ingressaram contra a decisão.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |  04/12/2020 - 13h





POLÍTICA  |  30/11/2020 - 11h


POLÍTICA  |  26/11/2020 - 18h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb