POLÍTICA

Em 4 anos patrimônio de Peccioli e Marcos Tonho reduziram




Reprodução das redes sociais

O patrimônio dos candidatos a prefeito Silvinho Peccioli (PSD) e Marcos Tonho (PSDB) registraram reduções nos últimos 4 anos. Em 2016 os bens declarados do ex-prefeito totalizavam R$ 560.459,85 divididos entre 3 automóveis, 1 moto, valores em 3 contas correntes, aplicações em fundo de investimento, poupança e renda fixa, além de quotas de uma empresa e uma linha telefônica de celular.
 
Já neste ano os valores chegam a R$ 384.900,00, compreendidos em 3 automóveis, 1 moto, valores em conta, e quotas de uma empresa. Já o candidato Marcos Tonho declarou que possui R$ 72.560,00 em bens, numerário inferior ao de 2016 quando disputou a eleição para vereador e declarou R$ 98.000,00 em patrimônios. Há 4 anos o tucano possuía 2 automóveis, 1 aparelho celular, além de investimento em caderneta de poupança no valor  de R$ 20.000,00 e um crédito decorrente de empréstimo de R$ 40.000,00. Na declaração deste ano seu patrimônio declarado consiste em um aparelho celular e um automóvel que somados chegam a R$ 72.560,00.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |  15/10/2020 - 16h





POLÍTICA  |  15/10/2020 - 11h


POLÍTICA  |  12/10/2020 - 09h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb