EDUCAÇÃO

Ensino médio de Parnaíba possui a 14° pior nota do SAEB entre as redes municipais no Brasil.




Programa Meu Filho Vai Para a Faculdade - Foto : (SECOM/SP)

O Ensino Médio de Santana de Parnaíba figura como 14° pior do País no Sistema de Avaliação da Educação Básica-Saeb, entre 48 municípios brasileiros que possuem o Ensino Médio municipalizados. Em contrapartida a vizinha Barueri aparece na 7° melhor posição do Brasil, de acordo com um levantamento realizado pelo jornal O Anhanguera a partir dos dados divulgados nessa terça-feira (15) pelo MEC.
 
Entre as cidades paulistas, sendo duas delas, Paulínia (6,74) e Matão (6,73) as primeiras do ranking, Parnaíba com 4,47 aparece apenas à frente de Mococa (4,42) e a Capital (4,29). O Saeb consiste em uma avaliação realizada pelo INEP a cada dois anos para os alunos das últimas séries de cada ciclo, abrangendo as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática e seus resultados somados com o fluxo escolar (taxa de reprovação) resultam no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB.  
  
Em matemática a média do EM do município foi de 266,11, e de Língua Portuguesa 270,32, em termos comparativos as melhores médias das disciplinas foram 356,22 e 338,29 respectivamente. A situação é preocupante quando levado em consideração que o Ensino Médio é praticamente a última etapa da educação básica, antecedendo o acesso ao Ensino Superior e concomitantemente à inserção do jovem ao mercado de trabalho.
 
A média da rede municipal no Saeb só reafirma o quanto essa fase em Santana de Parnaíba enfrenta problemas, os quais a administração pública não conseguiu sanar ao longo dos últimos anos, e ainda somadas às notas obtidas do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM que coloca a média dos alunos em posição intermediária abaixo daquelas obtidas por estudantes de escolas públicas estaduais das cidades da região.
 

Indicadores de Rendimento
 

Uma discussão sempre recorrente é sobre a aprovação ou não de alunos que não assimilaram o mínimo do exigido. E esse é um dos indicadores na constituição do IDEB.  A taxa de aprovação do Ensino Médio em Santana de Parnaíba em 2019 foi de 0,98, superior ao de Paulínia, a primeira colocada, que foi de 0,96 e de Barueri com 0,95. Entre todas as cidades de estado de São Paulo, essa taxa aparece como a 3° maior, ficando atrás apenas de Piracicaba e Colina, ambas com 1,00, e Matão e Taubaté com 0,99. A cidade de Mococa que aparece duas posições abaixo de Parnaíba no SAEB foi de 0,74, o que acabou colocando a cidade na última colocação do estado.






02 COMENTÁRIOS


Eliana Ximenes comentou em 16/09/2020 às 21h 44min

Caro Professor Veridiano (amigo de longa data), boa noite!Sobre a matéria do IDEB/Ensino Médio, gostaria de fazer duas correções: a primeira diz respeito à afirmação, no segundo parágrafo. Onde se lê: taxa de "reprodução" leia-setaxa de REPROVAÇÃO;a outra fica a sensação, ao leitor, que nesses 48 municípios citados, o Ensino Médio é municipalizado em TODOS.Em Barueri certamente não é. É o Estado que mantém o EM utilizando espaço físico do município. E para afirmar com certeza, percorri toda a planilha divulgada pelo INEP e pelo menos do Estado de São Paulo, não temos nenhum caso de Ensino Médio totalmentemunicipalizado. Apenas em Santana de Parnaíba. Nos demais Estados, não posso afirmar, mas, creio que a maioria também não é municipalizada.Sempre ouvi comentários na nossa rede de Santana de Parnaíba de que unicamente dois municípios, no Brasil,teriam assumido a municipalização do EM integralmente. O IDEB leva em consideração as médias obtidas em Língua Portuguesa e Matemáticax taxa (índice) de retenção/evasão que o INEP denomina ?indicador de rendimento? que, quando é 1,0 (um) significa que não houve reprovação/evasão naquele seguimento (em todas as turmas de todos os anos ? 1º, 2º e 3ºs; não apenas naqueles queforam os sujeitos que realizaram as provas ? os 3ºs anos) Observe a lista: nela Piracicaba e Colina apresentaram indicador de rendimento igual a 1,0; ou seja, em todo o Ensino Médio não houve um único caso de reprovação e nem evasão. Creio que Mococa, a última colocada, reflete mais a realidade na medida em que apresentou o indicador de rendimento de 0,74 que ao ser multiplicado pela média obtida nas duas provas (4,42) acabou ficando com um IDEB 3,3.

Jornal O Anhanguera comentou em 17/09/2020 às 10h 11min

Obrigado pelas suas observações, e quanto à primeira já realizamos a devida correção. Em relação ao ensino médio, na tabela disponibilizada pelo próprio INEP, o 4° campo possibilita selecionar o tipo de rede a ser verificada, que nesse caso há federal, estadual e municipal, a qual Santana de Parnaíba justamente figura, igualmente aos outros municípios.

O critério foi feito com o EM de responsabilidade do município, mesmo havendo na mesma localidade o ciclo administrado pelo estado e mesmo o governo federal, que foram excluídos. Ou seja, todas as cidades citadas na matéria segundo o INEP possuem o EM municipal.

O link dos dados é : http://inep.gov.br/web/guest/educacao-basica/ideb/resultados


COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



EDUCAÇÃO  |  26/11/2020 - 11h





EDUCAÇÃO  |  24/11/2020 - 11h


EDUCAÇÃO  |  22/11/2020 - 11h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hbfacebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb