POLÍTICA

Câmara de Osasco é a 4° mais cara do estado de São Paulo




Reprodução

Levantamento realizado pelo Tribunal de Contas de São Paulo (TCE-SP) e divulgado nesta quarta-feira (26) mostra que a Câmara Municipal de Osasco é a 4° mais cara do estado de São Paulo, que entre o período de maio de 2019 a abril de 2020 custou pouco mais de R$ 57 milhões, superada apenas por São Bernardo do Campo, Guarulhos e Campinas, a mais custosa com valor de R$ 108 milhões.
  
Com um total de 21 parlamentares o custo por vereador em Osasco ultrapassou os R$ 2,7 milhões no período considerado, a colocando também na quarta posição estadual. No levantamento anterior, compreendido entre setembro de 2018 a agosto de 2019, o legislativo de Osasco também ocupava a 4° posição, mas com um custo de R$ 53 milhões.
  
O legislativo de Barueri também aparece entre os mais caros figurando na 8° posição com despesas de R$ 51 milhões. Já quando considerado o custo per capita (valor que cada pessoa tem que pagar), em Osasco o valor fica em R$ 81,62, enquanto em Cajamar chega a R$ 233, o maior da região, seguido por Barueri com R$ 188 e Santana de Parnaíba R$ 159.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |  16/09/2020 - 10h





POLÍTICA  |  15/09/2020 - 18h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb