CENÁRIO URBANO

Correios entram em greve.




Reprodução

Em decisão tomada na noite desta segunda-feira (17), os 100 mil funcionários dos Correios em todos os Estados do País decidiram entrar em greve.

A paralisação ocorre por tempo indeterminado, em protesto contra a retirada de direitos, a privatização da empresa e a ausência de medidas para proteger os empregados da pandemia do novo coronavírus, informou a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect).
 
Em nota, a federação afirma ter sido surpreendida com a revogação, a partir de 1º de agosto, do atual acordo coletivo, cuja vigência vai até 2021. Segundo a entidade, 70 cláusulas com direitos foram retiradas, como 30% do adicional de risco, vale-alimentação, licença-maternidade de 180 dias, auxílio-creche, indenização por morte e auxílio para filhos com necessidades especiais, além de pagamentos como adicional noturno e horas extras.

Outro ponto de reivindicação da greve é o risco à vida dos trabalhadores e também dos clientes dos Correios diante do novo coronavírus. Segundo a Fentect, quase 100 trabalhadores morreram em decorrência da covid-19 no último período.
 
"Nossa greve é (também) em defesa da vida dos trabalhadores. Já morreram muitos por consequência do serviço essencial, exposição na rua e falta de EPIs dos Correios. Enquanto você recebe as encomendas na sua casa, tem gente morrendo e a direção dos Correios não está fazendo nada, é indiferente, é só mais um”, lamenta secretário-geral da Fentect, José Rivaldo da Silva.
 
Ele ressalta que os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) só foram distribuídos pela administração federal após as entidades entrarem com ações judiciais para obrigar os Correios a fornecer álcool em gel, máscaras para os funcionários e produtos para desinfecção de pacotes e agências. Ainda assim, segundo Silva, a situação ainda é precária, pois muitas agências não têm a proteção de acrílico para o atendimento no balcão.
 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



CENÁRIO URBANO  |  17/09/2020 - 08h





CENÁRIO URBANO  |  14/09/2020 - 12h


CENÁRIO URBANO  |  14/09/2020 - 11h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb