ECONOMIA

Parnaíba fecha o primeiro semestre com a maior variação de desemprego da região.




Reprodução.

A variação relativa do saldo entre o número de demissões e desligamentos no 1° semestre deste ano mostrou que Santana de Parnaíba apresentou a maior percentagem, com variação de -6,64%, sendo a maior entre as cidades da região, no acumulado foram registrados 10.932 desligamentos e 7.788 admissões.

Osasco ficou em segundo lugar com -3,80%, seguida por Carapicuíba com -2,60% e Barueri com -2,39%. Os dados são correspondentes ao acumulado do ano, e foram divulgados nesta terça-feira pelo Ministério da Economia, através do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).



 
Os números divulgados hoje, correspondentes a junho, mostram que o saldo fechou negativo em Barueri (-1454), Carapicuíba (-240) Pirapora do Bom Jesus (-2) e Santana de Parnaíba (-653), o que significa que houve mais demissões que admissões nessas cidades. Já Cajamar, pelo segundo mês consecutivo fechou com mais admissões, Itapevi, Jandira e Osasco, também tiveram junho com saldo positivo.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ECONOMIA  |  30/09/2020 - 15h





ECONOMIA  |  29/09/2020 - 11h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb