CENÁRIO URBANO

Pirapora isenta restaurantes, bares e ambulantes da Taxa de Licença




Foto: (Gilberto Labriola/PMPBJ)

Já está em vigor em Pirapora do Bom Jesus a Lei Complementar 198/2020 que isenta os bares, restaurantes, comércio ambulantes e similares do pagamento da Taxa de Licença, Localização e Fiscalização do exercício de 2020. A intenção da Prefeitura é diminuir os custos destes estabelecimentos em meio à crise financeira provocada pelo novo coronavírus. Aproximadamente 500 comércios da cidade serão beneficiados com a medida.
 
Prefeito de Pirapora, Gregorio Maglio afirma que a administração encontrou na isenção da Taxa de Licença uma maneira de compensar os bares, restaurantes e ambulantes que, por conta da quarentena imposta pelo governo de São Paulo, estão com as portas fechadas desde o último mês de março. Eles são considerados estabelecimentos de itens não essenciais.
 
De acordo com a Secretaria de Finanças, a isenção do tributo em 2020 vai beneficiar por volta de 500 estabelecimentos de Pirapora entre bares, restaurantes, ambulantes e similares. Gregorio esclarece que a medida será mantida mesmo com a futura reabertura dos comércios. Membro do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste), Pirapora pleiteia junto ao governo do estado a possibilidade de retomar gradualmente as atividades econômicas.
 

“A isenção será mantida independentemente do que vier a acontecer. O coronavírus impossibilitou o exercício regular destes comércios e ajudá-los é uma questão de justiça. Esperamos que o governo de São Paulo escute o apelo que fizemos por meio do Cioeste e permita a reabertura gradual em Pirapora”, disse o prefeito.

 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



CENÁRIO URBANO  |  02/12/2020 - 00h





CENÁRIO URBANO  |  28/11/2020 - 18h


CENÁRIO URBANO  |  28/11/2020 - 12h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb