ECONOMIA

Comércio de rua reabre amanhã na cidade de São Paulo




Comércio de Rua. Foto:(USP/Imagens)

A Prefeitura de São Paulo vai autorizar o funcionamento do comércio de rua a reabrir a partir desta quarta-feira (10).

O anúncio deve ser feito ainda nesta tarde pelo prefeito Bruno Covas (PSDB). A reabertura dos shoppings será permitida a partir de quinta-feira (11). A liberação também será concedida às imobiliárias da cidade.
 
Resumo das liberações:

 
  • Comércio de rua e imobiliárias poderão abrir a partir desta quarta (10) pelo período de 4h e fora do horário de pico
  • Shoppings poderão reabrir a partir de quinta e terão que escolher entre duas opções de funcionamento 6h às 10h ou das 16h às 20h, com público limitado a 20%
  • Todos os estabelecimentos deverão seguir regras de higiene e segurança


Os protocolos com os setores serão assinados nesta terça (9) e quarta (10). Os estabelecimentos deverão seguir normas de higiene e segurança e respeitar os horários de funcionamento restritos estabelecidos pela gestão municipal.

Além de cuidados com saúde, como distanciamento social e uso de álcool gel, as lojas vão ter um limite de horário de funcionamento de quatro horas. O comerciante poderá escolher o horário de abertura, desde que seja fora do horário de pico.
 
Os shoppings vão reabrir a partir de quinta-feira (11) também com limite de funcionamento. Ou abrem de 6h às 10h ou das 16h às 20h. O horário da manhã é uma reivindicação dos shoppings populares. Os shoppings maiores devem funcionar no segundo horário.

Haverá limite também de pessoas. Nenhum deles poderá receber mais do que 20% da capacidade de público.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ECONOMIA  |  30/09/2020 - 15h





ECONOMIA  |  29/09/2020 - 11h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb