ECONOMIA

Cesta Básica com preços em alta.




Reprodução

O Núcleo de Inteligência e Pesquisas do @proconsp, vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, constatou que em abril o valor da cesta básica paulistana teve alta de 8,12%.

Levantamento, feito em convênio com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), revela que o preço médio no dia 25 de março era R$ 798,10 e passou para R$ 862,87 em 30 de abril.

 

O grupo de higiene pessoal foi o que apresentou maior variação, 11,09%: alimentação, 7,73% e limpeza, 9,68%. A variação no ano é de 10,04% (base: dezembro/2019).

No mês de abril, os produtos que mais subiram foram:

Cebola (kg) 31,28%
Papel Higiênico Fino Branco (com 4 unidades) 27,74%
Feijão Carioquinha (kg) 19,30%
Batata (kg) 17,56%
Sabão em Barra (unidade) 17,27%

As maiores quedas foram:

Frango Resfriado Inteiro (kg) -3,24%
Açúcar Refinado (5 kg) -1,04%
Creme Dental (tubo 90g) -0,75%

Dos 39 produtos pesquisados, na variação mensal, 36 apresentaram alta e três diminuíram de preço.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ECONOMIA  |  01/06/2020 - 11h





ECONOMIA  |  29/05/2020 - 10h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0