POLÍTICA

Governo faz vídeoconferência com prefeitos de cidades com menos de 200 mil habitantes




O Governador do Estado de São Paulo João Doria durante reunião virtual com Prefeitos Municipais/Presidentes de Consórcios. Foto:(Governo do Estado de São Paulo)

O Governador João Doria se reuniu em videoconferência na última segunda-feira (4) com prefeitos de municípios com menos de 200 mil habitantes para apresentar as diretrizes do Plano São Paulo, bem como atualizar sobre as medidas de combate ao novo coronavírus e a incidência de casos da doença em todo o estado.

O plano São Paulo prevê a flexibilização gradual e heterogênea da quarentena no território paulista, de forma setorizada e faseada, com possibilidade de reabertura de comércios e serviços não essenciais a partir do dia 11 de maio.

“As cidades que atingirem índices de isolamento satisfatórios e mantiverem estabilidade nessas taxas serão as primeiras a serem avaliadas no programa de flexibilização. Esse será o ponto de partida”, afirmou Doria.

Ao longo da reunião, prefeitos das cidades com menos de 200 mil habitantes relataram as experiências de sucesso realizadas em seus municípios no enfrentamento ao novo coronavírus e também receberam informações sobre a situação geral de infecções e óbitos.

De acordo com o balanço publicado na tarde desta segunda, o Estado de São Paulo confirmou 32.187 casos de coronavírus e 2.654 mortes em decorrência da doença. Das 645 cidades paulistas, 334 tiveram pelo menos um registro da COVID-19. Do total de infectados, 12.114 foram detectados em cidades do interior, litoral e Região Metropolitana da capital. Nessas regiões, houve 971 óbitos (36,5%).

Além do Governador João Doria, participaram da reunião os Secretários de Estado Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional), Patricia Ellen (Desenvolvimento Econômico) e José Henrique Germann (Saúde).

“É importante ressaltar que ainda estamos passando pelo estágio de ascendência da curva de contágio. Precisamos planejar, mitigar e controlar esse processo da incidência do vírus para que seja possível organizar uma retomada responsável das atividades”, destacou Vinholi.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM





google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0